Meu estilo de viagem é DESTINOS GASTRONOMIA



Santiago do Chile: onde modernidade e rusticidade se encontram


Se este é um destino que te agrada, melhor se preparar com antecedência para conhecer cada peculiaridade local.



Uma cidade com múltiplas identidades, ideal para quem gosta de tudo um pouco, assim é Santiago do Chile, lugar onde o novo e o velho se encontram e abrem novas possibilidades aos viajantes. Se este é um destino que te agrada, melhor se preparar com antecedência para conhecer cada peculiaridade local.

As quatro estações

O Chile é um país em que as estações, geralmente, são bem marcadas. Inverno com temperaturas negativas e um verão tão “caliente” quanto o brasileiro. A diferença é que chove pouco por lá, mas quando chove, prepare-se para programas alternativos, pois a chuva poderá durar o dia inteiro… Mas, em contrapartida, os dias são mais longos. É comum você olhar para o relógio e já ver os ponteiros marcando 20h e o sol ainda iluminar o horizonte. O pôr do sol costuma ocorrer por volta de 21hrs. Dá para aproveitar bastante!

Quitutes e etc. 

Prepare o paladare o bolso, especialmente se você é fã de frutos do mar. Outra iguaria muito consumida por lá é o abacate, conhecido pelos chilenos como “palta”. Mas, diferente do nosso paladar, para os chilenos, abacate é só salgado. Outros quitutes que você não pode deixar de experimentar quando estiver em Santiago do Chile são: “chorrillana”, “cazuela”, “pastel de choclo”, “completos”, “empanada de pino” e “sopaipilla”.

Vinhos e muito mais

Para os apreciadores da bebida derivada da uva, o Chile é famoso por seus vinhedos. O mais conhecido, mas também o mais caro, é o Concha & Toro. Outra opção mais acessível é conhecer o  vinhedo Undurraga, que oferece um tour similar. Mas há outras opções de drinks alcoólicos, como o “Terremoto” e a “Réplica”.

Para se refrescar

Se você planeja conhecer a cidade no verão, não deixe de experimentar o sorvete da sorveteria Bravíssimo, considerada a melhor da região! Boa opção também para quem viaja com as crianças! Experimente também beber um  “Mote con Huesillos”. Não tem um visual muito atrativo, mas promete refrescar o paladar! A água da torneira é potável, portanto apta ao consumo.

Meios de transporte

A superfície plana da cidade favorece as longas caminhadas. Lembre-se de colocar na mala calçados e roupas confortáveis! Outra opção para conhecer a cidade é de bike. As ciclovias estão bem difundidas por lá. Assim como o Metrô e a integração com ônibus.  Os carros dão preferência aos pedestres na travessia das ruas e, o melhor, sem buzinar!

Comprinhas!

E já que você está no metrô, se descer na estação “Patronato”, irá encontrar um reduto de  roupas baratas. Fashionistas devem fazer uma pausa na estação “Escuela Militar”, que dá acesso às lojas de grifes renomadas do Shopping  Parque Arauco. Já a estação “Union LatinoAmericana” é o ponto para comprar vestuário, sapatos e artigos chineses. Por lá, roupas e calçados são super baratos. Vale a pena uma passada nas inúmeras lojas de departamento (Fallabela, Ripley, Paris, Tricot), em que poderá encontrar roupas, calçados e artigos para casa, num só lugar. Ah! Sabe aquela lembrancinha para os amigos, aposte no  indiozinho Pícaro, um souvenir típico do Chile. Para fazer bonito para a mãe, esposa ou namorada, invista em uma  joias de lápis lazúli (pedra encontrada, em maior quantidade e qualidade, somente no Chile e no Afeganistão).

Cultura e diversão

Os chilenos de Santiago são desconfiados em princípio, mas excelentes amigos e anfitriões quando ganham confiança. As gírias, muito comuns no vocabulário chileno, por vezes te fará pensar que eles não falam espanhol, “cachai”!? Algo muito característico no espanhol chileno é finalizar as palavras com “i” e suprimir o “d” no vocabulário falado. Você irá escutar frases como: “Como estai?!”, “No te enoji” y “helaito”, em vez de “heladito”.

Cueca, no Chile, é sinônimo de dança, o baile típico chileno. Aliás, prepare-se para uma atmosfera de arte de rua. Se for até a “Paseo Ahumada”, você poderá se entreter com os dançarinos, contadores de piadas, pintores, artistas para todos os gostos! E o melhor: de graça! A contribuição é totalmente voluntária. Quanto ao futebol, os chilenos são tão fanáticos quanto os brasileiros.  Os maiores times são Universidad de Chile e Colo-Colo.

Para quem gosta de arquitetura e curiosidades, o Costanera Center é o edifício mais alto da América Latina. La Veja é o mercado central de frutas, verduras, comidas em geral, com bons preços. Bellavista é a rua da boemia. É lá que se concentram os bares, restaurantes e até karaokês.

Efeito calendário

Setembro é um mês bastante importante para os chilenos. No dia 11 de setembro,  data em que ocorreu o Golpe Militar de Pinochet contra Allende, é o dia em que os ativistas saem às ruas para fazer passeatas relacionados ao período militar. O país se divide entre os de direita e os de esquerda, entre jovens e adultos, entre olhar o passado e mirar o futuro. Melhor até ficar em casa ou no hotel.

Já a semana dos dias 18 e 19 é considerada o carnaval chileno. Trata-se das Festas Pátrias, comemoração que se espalha  por todos os cantos da cidade, com comidas típicas, desfiles militares, danças e muito mais. O país inteiro se tinge das cores da bandeira (vermelho, azul e branco).

Logo ali

Nos arredores de Santiago, há apenas 1h30 aproximadamente, vale a pena dar uma esticada para conhecer duas cidades bem particulares : Viña Del Mar e Valparaíso. Em Viña, o Relógio das Flores e a praia são os atrativos principais. A praia não é muito convidativa pra dar um mergulho, já que a água é bem gelada, até no verão. No máximo, molhar os pés, para dizer que sentiu o Oceano Pacífico.

Valparaíso é a cidade das montanhas, uma explosão de cores e uma exposição artística a céu aberto! Diante dos versos que estampam os muros da cidade e da paisagem deslumbrante que se envereda pelos montes, não me surpreende que Pablo Neruda, ganhador do prêmio Nobel de Literatura, tenha escolhido o cenário para uma de suas inúmeras casas. Aliás, que é aberta ao público.

Fonte: Henrique Mol, especialista em turismo. Imagens: Google. 

CompartilheShare on FacebookPin on PinterestEmail this to someoneTweet about this on Twitter